Higor César sobre saída do Globo: “A gente estava se desgastando muito”

IMG_0675
(Foto: DiegoSimonetti/BlogdoMajor)

Conversei na tarde desta terça-feira (16) com o ex-treinador do Globo FC, Higor César, que na noite de ontem pegou todo mundo de surpresa com o pedido de demissão do comando técnico da Águia de Ceará-Mirim.

Qual o motivo da saída?

“Na verdade eu já vinha tendo alguns desgastes com o presidente. Mas a minha saída foi mesmo devido a filosofia do trabalho. Ele tinha a dele queria implantar no clube e não batia com a minha, então, a gente estava se desgastando muito um com o outro. Na segunda-feira (15), ele me ligou porque a equipe não estava treinando e eu fui explicar para ele que nossa equipe vinha de uma viagem de duas escalas no avião e de 8hs de ônibus, então era uma viagem bastante cansativa e tive que dar folga para todo o grupo, que estavam nesta viagem para Conquista. Na segunda não treinamos e a reapresentação seria na terça-feira (16) pela manhã e no período da tarde, a gente treinaria normalmente. Ele não aceitou e acabamos discutindo e preferi a minha saída para que essa discussão não durasse mais tempo”

IMG_0505
(Foto: DiegoSimonetti/BlogdoMajor)

 Como era o relacionamento entre Higor com o presidente do Globo?

“Eu nunca tive problemas com o presidente. Essa discussão que tivemos, foi um pouco mais forte e achei por bem deixar o clube. Saiu com o dever de missão cumprida, pelo o que eu fiz com o clube e não é porque sai agora que vou falar mal. Na verdade o clube é muito bom de trabalhar e de se jogar. O presidente Marcone Barretto dá todas as condições para que as coisas aconteçam. Só tenho que agradecer, a ele, pela oportunidade, mas infelizmente não dá mais para trabalhar mais juntos. Agora, o Globo segue a vida dele e eu vou seguir a minha, onde quero passar essas duas semanas que tem pela frente ao lado da minha família já que eu estava muito longe devido a muitos jogos, concentração e viagem. Depois eu definir realmente a minha carreira como treinador em outro clube.

Durante o seu comando no Globo havia alguma interferência do presidente na sua equipe, como por exemplo, escalar jogadores nas partidas?

“Sobre interferência do presidente não havia. Eu tinha um bom relacionamento, apesar de algumas coisas acontecerem. Mas, ele nunca se interferiu na escalação. Foi mais um desgaste, que já havíamos tendo e, por isso resolvi decidir a minha situação em deixar o comando técnico do Globo. O pagamento está em dias, inclusive ele efetuou tanto para comissão técnica como para os jogadores em quinze e quinze dias, é uma coisa que lá é certíssimo e ele dá conta do recado”

Como era o seu relacionamento com os jogadores?

 “Meu relacionamento com os atletas era excelente, tinha boas amizades dentro do grupo, a gente sabia a hora de brincar e de ser serio. Hoje estive me despedindo deles, alguns jogadores choraram, com a minha saída. Eu acho que não tenho que provar mais nada, em relação ao grupo. Os títulos e as conquistas que vieram não foram a toa, foi totalmente competência tanto dos jogadores como da comissão técnica e  todos eram bastantes entrosados. Eu tenho a certeza, que no jogo de domingo contra o Porto/PE, apesar de não estar mais participando, eu tenho a certeza  que eles vão fazer uma bom jogo e que eles continuem nessa jornada rumo a Série C”

Higor César chegou ao Globo em setembro de 2013, conquistando o título Estadual da segunda divisão e, conseqüentemente, garantindo o acesso para a elite do futebol Potiguar. Em 2014, conquistou a Copa FNF, Copa Rio Grande do Norte e o vice-campeonato da primeira divisão. Além disso, garantiu para a Águia as vagas da Copa do Brasil e Copa do Nordeste do próximo ano.

Um comentário sobre “Higor César sobre saída do Globo: “A gente estava se desgastando muito”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *