Em busca da dignidade..

Brasil-x-Holanda

È uma partida que ninguém quer disputar. Um duelo entre duas seleções frustradas por terem ficado fora da grande final, com pouco interesse esportivo, já que ninguém lembra do terceiro colocado da Copa do Mundo.

Antes da Copa do Mundo começar, todos apontavam como Brasil um do finalistas para chegar a grande decisão, mas o vexame e o massacre de 7 a 1 diante da Alemanha, foi a maior humilhação da seleção pentacampeão do mundo.

È a quarta vez, que o Brasil irá disputar o terceiro lugar, foram duas vitórias: A primeira em 1938 na França, venceu a Suécia por 4 a 2 e a segunda disputada em 1978 na Argentina, derrotou os italianos por 2 a 1, e a única derrota foi em 1974 na Alemanha para a Polônia por 1 a 0.

A partida será diante da Holanda, que mais uma vez bateu na trave e acabou sendo eliminada nas penalidades para Argentina por 4 a 2, depois de empate sem gols no tempo normal e na prorrogação. Os hoandeses, por sua vez, decidiu a terceira posição apenas na Copa da França em 1998, e perdeu para a Croácia por 2 a 1.

O confronto promete entre dois treinadores: Felipão, que deverá deiar o cargo da seleção brasileira, após o Mundial e Louis Van Gaal, que desabafou, dizendo que essa partida não deveria nem acontecer, pois o prêmio só vai para o campeão e o terceiro lugar ninguém vai se lembrar. Também vai ser um encontro de desafetos do brasileiro, que durante a competição, chamou o holandês de mal intencionado, devido a suposto favorecimento do calendário à seleção do país em casa.

Apesar disso, a seleção brasileira pode tentar usar a partida para juntar os cacos e começar o trabalho de renovação rumo à próxima Copa do Mundo, em 2018, na Rússia.

A disputa de terceiro e quarto lugar com Brasil e Holanda acontecerá durante a tarde deste sábado (12), às 17hs, no Estádio Nacional de Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *